VOLTAR

Paridade também é tema de encontro do Coletivo Nacional de Gênero da CNM/CUT

14/02/2012

Escrito por: Mara Grabert - Imprensa

 

  Na abertura do Encontro Nacional do Coletivo de Gênero da CNM/CUT, no Hotel Pampas, em São Bernardo do Campo – SP, o presidente da entidade, Paulo Cayres disse que “é de fundamental importância para as dirigentes sindicais que essas discussões aconteçam, para que se faça um levantamento da situação do Coletivo Nacional em seus estados e bases sindicais. Dessa forma, é possível conhecer e reivindicar as alterações necessárias para atender as necessidades da mulher trabalhadora no ramo”, afirmou o dirigente.

O Coletivo Nacional de Gênero se reúne duas vezes por ano e o objetivo principal é fazer um levantamento das ações realizadas durante o período, verificar a demanda de necessidades e uma avaliação das mesmas.

A Secretária da Mulher da CNM/CUT, Marli Melo do Nascimento diz que só com esses encontros é possível conhecer de perto as necessidades das companheiras dos estados e poder pensar em ações diretas para melhorar as condições das mulheres trabalhadoras. “Só o diálogo direto, entre nós mulheres, para conhecer de fato o que acontece com as companheiras no ambiente de trabalho da nossa categoria”

 

O tema paridade será amplamente debatido entre as participantes, e a assessora da Secretaria Nacional da Mulher Trabalhadora da CUT, Maria Luiza da Costa vai expor os resultados definidos durante a 3º Conferência Nacional de Mulheres da CUT e do Seminário Nacional sobre Paridade.

Ao final, os resultados obtidos com as discussões dos temas serão encaminhados às bases sindicais para a divulgação e a concretização das ações. Segundo a assessoria da CNM/CUT, o segundo semestre terá uma série de atividades sobre formação de formadores das secretarias de gênero, incluindo as secretarias da juventude e igualdade racial.

Participam desse coletivo de mulheres dirigentes da CNM/CUT representantes das federações e sindicatos de todo o País.


Compartilhe: